Internet Sociedade

Qual foi a rede social mais usada pelos brasileiros em 2018?

Que o brasileiro adora uma rede social, isso todo mundo já sabe. Mas qual delas foi a mais utilizada aqui em 2018 pode surpreender. O YouTube foi a rede social favorita dos brazucas no ano passado, seguido pelo Facebook e o WhatsApp. As informações são do “Global Digital 2019”, levantamento realizado pela agência We Are Social, em parceria com a plataforma Hootsuite, que coletou dados de 22 milhões de usuários em 45 países.

O ranking traz entre os dez primeiros colocados ainda o Instagram, em quarto lugar, o Facebook Messenger em quinto, o Twitter em sexto, o LinkedIn em sétimo e Pinterest, Skype e Snapchat fechando em oitavo, nono e décimo lugares, respectivamente.

Dados levantados pelo documento apontam para o fato de que a música é a principal atração para o público do YouTube, especialmente nos mercados de alto crescimento da plataforma. Os tópicos relacionados à música foram responsáveis ??por metade das 20 principais consultas de pesquisa no YouTube em 2018. Entre as contas com mais visualizações na rede social, o canal do brasileiro Whindersson Nunes aparece no ranking global em 13º lugar, à frente de estrelas como Taylor Swift e Katy Perry.

Segundo a pesquisa, 140 milhões de brasileiros estão nas redes sociais, ou 66% da população nacional. Outra informação revelada pelo levantamento é que 130 milhões destes usuários acessaram as redes a partir de dispositivos móveis (61%), apontando que o smartphone é o principal meio de acesso à internet no Brasil.

Quanto ao engajamento, a pesquisa mostrou que 81% dos brasileiros que utilizam as redes sociais são usuários ativos, gastando, em média, três horas e 34 minutos por dia nesses canais.  Esse tempo é maior do que a média global, que é de duas horas e 16 minutos. Além disso, a grande maioria dos internautas brasileiros, segundo o estudo, tem entre 25 a 34 anos. O segundo grupo etário de maior quantidade tem entre 18 e 24 anos – ou seja, a maior parte dos usuários de redes sociais no Brasil é composta por uma parcela jovem da população. (Via DataReportal)

Por Camila Mitye
Equipe Zap

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *