Internet Sociedade Variedades

Novo recurso permite praticar pronúncia do inglês direto na busca do Google

Pode confessar, você já teve dificuldade de pronunciar alguma palavra em inglês. O terceiro idioma mais falado no planeta (sim, atrás do chinês e do espanhol, segundo o Babbel) tem suas peculiaridades, incluindo encontros consonantais e fonemas não muito habituais para o brasileiro. Mas se o Google já era um amigão com seu Translate, tradutor instantâneo de textos, uma nova ferramenta experimental de vai te ajudar a visualizar e pronunciar palavras, para você ir além do “the book is on the table”.

Agora é possível escutar, praticar e receber feedback em tempo real, na própria busca. Já era possível ouvir o áudio da pronúncia do termo, mas os novos recursos permitem ao usuário dizer a palavra no microfone do smartphone e receber feedback sobre o que poderia melhorar. A novidade está senda experimentada por enquanto no inglês americano e em breve estará disponível também no espanhol (com planos de expandir para mais idiomas, sotaques e regiões no futuro).

De acordo com o Google, a tecnologia de reconhecimento de fala utilizada para o recurso é capaz de compreender as palavras e dividi-las em pequenos trechos. Aí a inteligência artificial aprende e o Google cruza o jeito como as pessoas pronunciam a palavra com o que o algoritmo espera ouvir, sugerindo formas de melhorar a pronúncia.

Além disso, um recurso visual com a disposição de imagens pode auxiliar na compreensão do significado de algumas palavras, neste caso apenas os substantivos por enquanto. “As referências visuais ajudam muito na hora de explicar o significado de uma palavra e a aumentar a taxa de retenção do termo. No meu caso, visualizar a palavra sempre facilita para entender o significado e as formas de usá-la”, explica Tal Snir, gerente de produto sênior da Busca do Google, ao anunciar a novidade. Este recurso pode ser útil também, como justifica Snir, no caso de palavras que tenham duplo significado (como “seal” que, em inglês, pode significar “foca” ou “lacre”).

Por Camila Mitye
Equipe Zap

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *