Internet Sociedade

Instagram pode desativar contagem de curtidas nas fotos dos usuários

O Instagram pode estar pensando em fazer uma grande alteração em algo que move seus usários. De acordo com o site Fast Company, a possibilidade de ocultar a quantidade de curtidas nas fotos postadas no feed estaria sendo estudada pelo Instagram, numa suposta tentativa de diminuir os impactos da corrida por likes na saúde mental de seus usuários.

O uso de redes sociais e a saúde mental dos jovens é um tema que tem levantado questionamentos. Pesquisadores da Ottawa Public Health, agência de pesquisas e programas de saúde da cidade de Ottawa, analisaram 750 estudantes, que responderam a questionários sobre seus hábitos nas redes sociais e saúde mental. Eles descobriram que estudantes que passam mais de duas horas por dia em redes sociais tinham índices mais altos de ansiedade, depressão, pensamentos suicidas e outros problemas de saúde mental.

O crescimento do número de usuários do Instagram é notório – em 2018 a rede social atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês. Muitos desses usuários são ativos adeptos ao Instagram Stories, recurso popular que pode ser a resposta para o problema por trás da busca pelas curtidas. Prova disso foi o que disse o co-fundador do Instagram, Kevin Systrom, em 2016, ao TechCrunch, que o Instagram Stories foi desenvolvido para os usuários escaparem do estresse pelo número de curtidas. Como os posts nessa modalidade não mostram contagem de likes ou comentários, os usuários acabam lidando de uma maneira mais leve com a comunidade.

Caso a alteração seja concretizada, o uso comercial do Instagram pode sofrer um baque, já que o número de curtidas é utilizado por pessoas e empresas para medir a audiência de um produto ou pessoa na rede social. Por mais que o Instagram disponibilize recursos de análises de interação de acesso interno, as curtidas públicas sempre balizaram o modo de se fazer negócio por lá e isso deve estar sendo levado em conta para que esse grande passo seja dado ou não.

Por Camila Mitye
Equipe Zap