Internet Sociedade Variedades

Black Friday 2019: Expectativa de aumento de 18% nas vendas do comércio eletrônico

Chegou novembro e com ele as expectativas para a sexta-feira mais maluca do comércio mundial, a Black Friday. Com a promessa de promoções com preços muito abaixo do praticado durante o ano, a super liquidação, que este ano acontece no dia 29 de novembro, deve gerar um faturamento de R$ 3,45 bilhões para o comércio eletrônico, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm).

De acordo com a entidade, esse crescimento representaria um aumento de 18% na movimentação em relação à Black Friday de 2018. Em geral, as categorias de produtos mais procurados são no período são Informática, Celulares, eletrônicos, Moda e acessórios, casa e Decoração, respectivamente.

“As previsões reafirmam um bom aquecimento, principalmente no meio digital, que tem cada vez mais frequência de consumidores”, afirma o presidente da Associação, Mauricio Salvador. Esse, aliás, é um detalhe importante: o consumidor brasileiro tem ido cada vez mais às compras pela internet. Um levantamento realizado realizada entre 2018 e 2019 pelo Score Digital da Visa Consulting & Analytics aponta que 57% da população brasileira (que possui cartão de crédito com a bandeira Visa, que realizou a pesquisa com base nos dados da VisaNet) se enquadra no perfil chamado consumidor digital, ou seja, aquele que utilizam canais como aplicativos e lojas online para efetuar suas compras.

Por outro lado, uma pesquisa encomendada pelo Google Brasil (via consultoria Provokers, que ouviu 1.500 pessoas on-line de todas as regiões do Brasil, em julho de 2019) apontou que o comportamento do consumidor tem sido bastante racional e a maioria dos entrevistados pretende realizar suas compras na Black Friday por mais de um canal, online e offline. Os dados levantados mostram que o consumidor que compra em mais de um canal chegará a 25% do total, contra 7% no ano passado. Além disso, dois em cada três brasileiros pesquisam online antes de comprar na loja física, que também representa um diferencial quando a loja na internet permite que o produto adquirido seja retirado pessoalmente, evitando custos e prazo de espera com o frete.

A dica continua a mesma para todos os anos: pesquise os preços com antecedência, fique atento às condições da compra e não adquira nada por impulso.

Por Camila Mitye
Equipe Zap

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *